Previsões de chuva

Previsões de chuva nos próximos dias.

Num ano de seca extrema as previsões de chuva nos próximos dias são uma excelente noticia. Não resolve os problemas da seca, mas pelo menos faz com que não se agravem.

Entre Segunda-feira e Quarta-feira chove com alguma regularidade em praticamente todas as regiões. Não é muita chuva, mas já retira a poeira, baixa o risco de incêndio e funciona como uma boa rega para algumas plantas.

Os horários e as quantidades de precipitação prevista têm mudado com alguma frequência e é natural que continuem a mudar. No entanto, deixo o cenário previsto para cada um dos próximos dias.

Previsões de chuva na Segunda-feira, dia 12 de Setembro

Na madrugada prevê-se chuva no litoral Oeste a norte de Setúbal, que será acompanhada com bastante vento de Sul.

Durante a manhã continua a chover no litoral e estende-se aos distritos de Braga, Vila Real, Porto, Aveiro, Coimbra, Viseu, Leiria, Santarém, Setúbal, Évora, Beja e Faro.

Quando chegar a tarde vamos ter chuva nos restantes Distritos: Castelo Branco, Portalegre, Guarda e Bragança.

Na Guarda e em Bragança a chuva é mais provável à noite, apesar de poder começar ainda durante a tarde.

A quantidade global de chuva acumulada vai ter bastante significado nas regiões do litoral mas terá pouco significado nas regiões do interior mais a Leste.

Terça-feira, dia 13 de Setembro

Chove com regularidade em todas as regiões do Norte e Centro, sendo mais frequente no litoral Oeste e no interior Centro.

Nas regiões do Sul chove com regularidade no litoral mas no interior alentejano a chuva é esporádica e em pequena quantidade.

Podem ocorrer alguns aguaceiros moderados e até localmente fortes em alguns locais dispersos, mas de uma forma geral a chuva será fraca ou moderada.

O total de chuva acumulada continua a ter bastante significado em todo o litoral, incluindo o alentejano e o algarvio.

Terá algum significado no interior Centro e no norte do Distrito de Vila Real.

No interior alentejano, Alto Douro e Nordeste Transmontano a chuva terá pouco significado na maioria dos locais.

Quarta-feira, dia 14 de Setembro

As previsões de chuva para esta Quarta-feira apontam para aguaceiros frequentes no Norte e Centro.

Nas regiões do Sul também podem ocorrer aguaceiros esporádicos mas de uma forma geral já chove pouco.

No Nordeste Transmontano já pode chover com algum significado.

No final destes 3 dias de precipitação teremos quantidades razoáveis na maioria das regiões, mas no interior alentejano e na parte Norte do Distrito da Guarda a chuva será pouca.

Depois deste período chuvoso as temperaturas voltam a subir e os dias com chuva vão ser poucos.

Como consultar as previsões de chuva

Em meteorologia usamos termos e siglas que às vezes estão mal explicadas para o grande público, deixo a seguir algumas dicas.

Períodos de chuva é o termo que se usa quando a precipitação é prolongada no tempo, normalmente por mais de uma hora.

Aguaceiros é o termo usado quanto a precipitação é intermitente, normalmente dura alguns minutos, para e depois repete-se.

A quantidade de precipitação é medida em milímetros (mm). Significa a altura da água distribuída uniformemente na superfície. Isto é quando chovem 10 mm teremos essa altura de água no solo, portanto 1 cm de altura uniforme.

Como se trata de um liquido estamos mais habituados a quantificar em litros por metro quadrado.

Podemos fazer corresponder os mm a litros por m2. Isto é 1 mm significa 1 litro por metro quadrado, 10 milímetros são 10 litros e assim sucessivamente.

O que é muita ou pouca chuva?

Esta é sempre uma pergunta com resposta difícil.

Em termos diários diria que abaixo dos 2 mm, que são 2 litros por metro quadrado, a chuva tem pouco significado. De 2 a 5 mm podemos considerar chuva fraca. De 5 a 10 mm chuva moderada. Mais de 20 mm num só dia é chuva bem generosa.

A partir de 50 mm diários já são possíveis inundações localizadas. Acima dos 100 mm, 100 litros por metro quadrado, as inundações são frequentes.

Em termos anuais as médias apontam para mais de 1000 mm em Braga e cerca de 500 mm em Évora.

Em anos de seca como o último, poucos locais chegaram aos 300 mm anuais e há localidades que nem aos 100 chegaram.

Para terem uma ideia do que aí vem durante esta semana o total de precipitação acumulada pode andar cerca dos 50 a 70 mm no Minho mas não chega aos 10 mm no interior alentejano.

Na maioria das regiões vai situar-se entre os 20 e os 30 mm.

É alguma coisa, mas bem menos do que a que necessitamos.

Há imensas aplicações que dão as quantidades de precipitação prevista. Habituem-se aos mm e esqueçam as percentagens de probabilidade que pouco interessam.

Chuva que se veja é acima dos 10 mm, abaixo disso não faz correr os ribeiros.

Precisamos de muitos dias entre os 10 e os 20 mm para acabarmos com a seca. Mais do que isso faz estragos, o melhor é vir pouco a pouco mas com mais frequência.

Foto de Manuel Ferreira


Leave a Reply

Outras publicações:

Previsões de chuva
tempo quente e seco
meteorologia em Julho de 2022
pouca chuva na noite de S. João
tempo fresco durante a próxima semana
meteorologia em Maio de 2022
Previsão Geral do Tempo
previsão geral do tempo VB Meteo

Meteorologia Portugal
.

Tempo Lisboa
tempo Lisboa VB Meteo

Meteorologia Lisboa
.

Tempo Porto
Meteorologia, Tempo Porto

Meteorologia Porto
.

La Vie Guarda
La Vie

.

Vítor Baía ©2022 Design PlataformaJota Powered by Sentido Comum